“A ave sai do ovo. O ovo é o mundo. Quem quiser nascer precisa destruir um mundo.” (Hermann Hesse)

Haverá o momento em que você se cansará do esforço de ser aquilo que os demais acham que você deve ser, que exigem que seja, para ser quem você deseja ser. Estará disposto a deixar de ser quem você pensava que deveria ser a fim de ser quem você é. Ao fazê-lo, descobrirá como isto abrirá espaço para relações significativas consigo, com os outros e com o mundo à sua volta.

É contagiante estar com alguém que busca ser a melhor versão possível de si mesmo com hematomas, rachaduras, cicatrizes, feridas e tudo o mais. Alguém que fala a partir de sua essência autêntica (e nunca perfeita!!) e que nos inspira, cria conexão verdadeira e pode até nos liderar. Será esta pessoa a descobrir que viver com plenitude pressupõe coragem para encarar seus demônios e criar sintonia consciente com sua luz e sombra. É se sentir suficiente, aceitar sua imperfeição e mesmo assim acreditar que é digno de respeito e amor.

Ao fazer a grande mudança, que se dá aos poucos e passo a passo, para ser cada vez mais quem você deseja ser, descobrirá o prazer de compartilhar sua luta com aqueles que conquistaram o direito de ouvir sua história. Perceberá que ao fazê-lo, ficará ainda mais perto da sua real humanidade e convidará o outro para a mesma caminhada.

Tornar-se você mesmo demandará interromper o intenso trabalho de se ajustar, de avaliar as situações para tentar ser alguém merecedor de aceitação. Sua transformação ocorrerá quando suspender o sacrifício do ajuste pela experiência maravilhosa de pertencer à vida do modo como escolheu ser e estar dentro dela. Este sentimento dependerá do seu eu verdadeiro, com todas as imperfeições que o acompanham. Por esta razão, um gatilho importante para se transformar em você mesmo passará por reconhecer e aceitar, finalmente, tudo aquilo que é seu – e sobre você – que não o agrada nem orgulha e que provoca medo, culpa, vergonha, raiva, ressentimento e tristeza. Será a autoaceitação em alto nível, que o impulsionará mais além, para viver uma vida feita sob medida para você.

Ao finalizar esta leitura, deixo a você o convite para um pensamento poderoso, que espero inquietá-lo pelos próximos dias: qual é a coisa mais corajosa que poderia fazer por si mesmo e que o transformará ainda mais no seu eu mais autêntico?

LEMBRE-SE: CONSCIÊNCIA TRANSFORMA A REALIDADE.

ROGÉRIO CHÉR, é sócio da Empreender Vida e Carreira, autor do best-seller Empreendedorismo na Veia – um aprendizado constante e do livro Engajamento – melhores práticas de Liderança, Cultura Organizacional e Felicidade no Trabalho.

 

 

Comments

comments