A resposta: falta de autoconhecimento.

Veja este exemplo: alguém pode sofrer de solidão. Tem receio de que as pessoas possam ignorá-lo, não enxerguem seu valor e como são dignos de admiração. Tomado por este diálogo interno, oferece aos demais distanciamento, desconfiança e desencantamento. Resultado: aumenta sua solidão, reforçando exatamente o destino que mais quer evitar.

Pense no indivíduo que acredita que toda vez que estiver em paz com seu cônjuge, algo de ruim ocorrerá e os mergulhará em desarmonia. Seu nível de ansiedade aumenta quando estão em paz e alegria, suas atitudes empobrecem, sua atenção diminui e… surpresa! Algo de ruim acontecerá, reforçando sua crença limitante: a desarmonia é uma constante em sua vida!

Esse ciclo autossabotador só pode ser interrompido por um caminho: o da autoconsciência, quando fazemos escolhas com protagonismo e nos sentimos responsáveis por elas. Somente desse modo teremos mais chance de criar o destino que desejamos.

LEMBRE-SE: CONSCIÊNCIA TRANSFORMA A REALIDADE!

ROGÉRIO CHÉR, é sócio da Empreender Vida e Carreira, autor do best-seller “Empreendedorismo na Veia – um aprendizado constante”, do livro “Engajamento – melhores práticas de Liderança, Cultura Organizacional e Felicidade no Trabalho” e co-autor com Magda Oliver Ruas da obra “O que mais você quer de mim? O desafio de viver relações significativas”.